Repositório de recursos e documentos com interesse para a Genealogia

Logo

  • Primeiros passos em Genealogia: como começar, onde pesquisar, recursos disponíveis e outras informações.

  • Apelidos de família: de onde vêm, como se formaram.

  • Índices de passaportes, bilhetes de identidade, inquirições de genere e outros.

23 de fevereiro de 2018

23 de fevereiro de 2018 por MC Barros comentários
Os processos de Leitura de Bacharéis testemunham os procedimentos legislados para prover bacharéis em cargos de magistratura. Antes da prestação de provas no Desembargo do Paço, ao bacharel candidato era instaurada uma inquirição sigilosa sobre a sua vida e seus antecedentes familiares. Esta inquirição era levada a cabo pelo corregedor da comarca sob ordem do Desembargo do Paço, constando dela a recolha de informação, definida em questionário de devassa tipificado para o efeito, que o sindicante deveria obter nas suas diligências junto das testemunhas inquiridas.
Fonte: ANTT

Paço a-par-de-São Martinho mandado construir por D. Fernando I, em 1367, residência régia de D. João I. Entre 1495 e 1521 foi sede do Desembargo do Paço, para além de ter começado a funcionar como prisão e albergado várias repartições de justiça, nomeadamente a Casa da Suplicação e a Casa do Cível.

Parte desta documentação encontra-se já digitalizada. Para maior facilidade de pesquisa incluímos aqui um ficheiro Excel com todos os nomes. Alguns processos não estão disponíveis a partir da página do bacharel no ANTT, mas podem estar na página do maço respectivo. Aconselhamos clicar no link do maço e verificar se a digitalização se encontra nessa página.



Clique aqui para visualizar o índice, ou clique aqui para transferir.

Estes processos contêm dados relevantes para Genealogia, uma vez que incluem filiação,  avós, naturalidade e outras informações. As perguntas colocadas às testemunhas eram as seguintes:

1. "Se sabe, ou suspeita o que lhe querem perguntar, e se lhe disse algum sendo perguntado dissesse, mais ou menos da verdade";
2. "Se conhece ao dito habilitando, e se sabe quem fossem seus pais, avós, e que razão tem de os conhecer";
3. "Se sabe que o dito é cristão velho, limpo, e sem raça alguma de cristão novo, mouro, mulato, ou de outra qualquer infecta nação, ou de novamente convertida à nossa Santa Fé Católica";
4. "Se ouviu, ainda que não saiba de certo alguma fama, ou rumor em contrário, e a que pessoas o ouviu, e em que ocasião";
5. "Se o pai, e avós do dito habilitando exercitaram em algum tempo ofício mecânico";
6. "Se é pessoa de boa vida, e costumes, solteiro, ou casado com mulher de limpo sangue, e sem raça."



Publicado em: ,

0 comentários:

Enviar um comentário

Biblioteca
Videoteca