Repositório de recursos e documentos com interesse para a Genealogia

Logo

  • Primeiros passos em Genealogia: como começar, onde pesquisar, recursos disponíveis e outras informações.

  • Apelidos de família: de onde vêm, como se formaram.

  • Índices de passaportes, bilhetes de identidade, inquirições de genere e outros.

15 de abril de 2019

15 de abril de 2019 por MC Barros comentários
De acordo com o princípio que norteou a criação deste blog, publicamos aqui alguns trabalhos elaborados por colaboradores para seu uso próprio e que, generosamente, decidiram partilhar. Trata-se de índices de crismas, baptismos, casamentos ou óbitos, de algumas localidades, muito úteis para quem pesquisa nessas zonas.
O nosso agradecimento à Eva Marques que disponibilizou os seus índices de Gondomar e Vila Nova de Gaia, a José António Reis pelos índices de Marco de Canaveses, a Álvaro Holstein e Marcelina Gama Leandro pelos índices de Santo Ildefonso, a Joaquim Martins pelo índice de Campanhã, Santa Marinha, Laundos e Estela, a Carlos Manuel Pinto da Costa pelos índices de Crestuma, Sandim, Lever, Olival e Pedroso, a Manuel Montenegro pelos índices de Junqueira e Arcos, a Margarida Ferreira pelo índice de óbitos de Santa Marinha/Vila Nova de Gaia; Ricardo Brochado pelo índice de São Cosme-Gondomar, a Jorge Pacheco pelo índice de baptismo de Vila Caiz; Fernando Ferreira Vilarinho pelo índice de baptismos de Azurara; a Paulo Almeida pelos índices de Abragão-Penafiel.




Tabela
.

Originalmente publicado em 10/10/2014
kwADPorto
por MC Barros comentários
De acordo com o princípio que norteou a criação deste blog, publicamos aqui trabalhos, alguns elaborados por nós, outros por colaboradores que generosamente decidiram partilhar. Trata-se de índices de baptismos, casamentos ou óbitos, de algumas localidades, muito úteis para quem pesquisa nessas zonas.

Abrimos o distrito de Leiria com alguns índices de Pedrógão Grande, elaborados e generosamente partilhados por José Mendes. Agradecemos também ao António João Martins Borralho pelos índices de Caldas da Rainha, Óbidos e Bombarral, e ao Rafael Ferrero-Aprato pelos índices de casamentos de Santa Maria de Óbidos, e à Alzira Albano pelo índice de Évora de Alcobaça..
- Actualização 15-04-2019: adicionado índice baptismo 1592 a 1472 e de casamento de 1601 a 1736 da freguesia da Graça, concelho de Pedrógão Grande;
índice de baptismo de 1604 a 1769 e de casamento de 1604 a 1736 da freguesia de Vila Facaia. concelho de Pedrógão Grande;
índice de baptismos de 1574 a 1758 (incompleto) e de casamentos de 1570 a 1719 (incompleto) da freguesia de Aguda, concelho de Figueiró dos Vinhos.
Trabalho realizado por José Mendes.


Dica: Clique no nome do livro para o abrir; clique na data para abrir o índice excel


Tabela
.

kwADLeiria

07/12/2016 

por MC Barros comentários
De acordo com o princípio que norteou a criação deste blog, publicamos aqui alguns trabalhos elaborados por colaboradores para seu uso próprio e que, generosamente, decidiram partilhar. Trata-se de índices de baptismos, casamentos ou óbitos, de algumas localidades, muito úteis para quem pesquisa nessas zonas. Abrimos o distrito de Castelo Branco com índices de casamentos, da autoria de António da Graça Pereira.

Actualização 25-03-2017: adicionados os índices de baptismos, casamentos e óbitos de Nesperal, 1824-1811, realizados por José Mendes.
Actualização  02-01-2018 adicionados os índices de óbitos e baptismos de Cernache do Bonjardim, 1855 a 1911, realizados por Ricardo Venâncio. Adicionados índices baptismo de Malpica do Tejo, 1847 a 1911, realizados por António da Graça Pereira.
Actualização 08-04-1965 adicionado o índice de casamentos de Cernache do Bonjardim, 1565 a 1643, realizado por José Mendes
Actualização 15-04-2019: adicionado índice livro Misto, 1676 a 1763, da freguesia de Palhares, concelho da Sertã. Falta índice de óbitos;
Índice Casamentos, 1643 a 1689, de Cernache do Bonjardim;
Índice livro Misto, 1640 a 1674, freguesia do Castelo;
Todos estes índices são de autoria do José Mendes.

Bordado de Castelo Branco LusitaniaTradition.com 03
Colcha da Arvore da Vida com Cavaleiros - Bordado de Castelo Branco


Tabela
.

Originalmente publicado em 23/2/2016
kwADCasteloBranco

8 de abril de 2019

8 de abril de 2019 por MC Barros comentários
De acordo com o princípio que norteou a criação deste blog, publicamos aqui alguns trabalhos elaborados por colaboradores para seu uso próprio e que, generosamente, decidiram partilhar. Trata-se de índices de baptismos, casamentos ou óbitos, de algumas localidades, muito úteis para quem pesquisa nessas zonas.
O nosso agradecimento ao António Filipe Rebola Rosado, Levi Redondo Bolacha, Jorge Nunes, António Godinho de Carvalho e Ana Filomena da Silva Alves Roberto que disponibilizaram os seus índices, trabalhos que aqui se publicam. Alguns índices não estão completos, mas serão actualizados ao longo do tempo.



Tabela
.

kwADPortalegre
Originalmente publicado em 22/2/2015

28 de janeiro de 2019

28 de janeiro de 2019 por MC Barros comentários
Série constituída por justificações sumárias de casamento vistas e despachadas pelo provisor dos casamentos do arcebispo de Lisboa, mandando passar o alvará ou a licença de casamento, destinadas aos párocos das freguesias. 
Os maços de cada ano estão frequentemente incompletos.
Fonte: ANTT
Sumário matrimonial de Faitu Xamare e Ana Maria Pitaluga 1721


António Forjó indexou os maços respeitantes ao século XVIII, anotando os nomes dos nubentes e o ano, assim como os números dos maços e dos processos, índice disponível no ANTT para consulta e publicado online, sob o título ÍNDICE DOS SUMÁRIOS MATRIMONIAIS DO PATRIARCADO DE LISBOA, na página da Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia - ASBRAP. Alguns processos encontram-se já digitalizados, porém nem todos os documentos referenciados no seu índice se encontram descritos no ANTT, o que torna este pdf ainda mais valioso.


O que esperar deste tipo de documentação, por João Clímaco Lilaia

«Caso desconheçam, chamo a vossa atenção para o facto de estes "Sumários" não serem os processos de casamento propriamente ditos mas sim processos de dispensa de apresentação de documentos ou de justificação de informações. São processos em que um ou ambos os noivos eram naturais de fora do Patriarcado de Lisboa (que à época englobava também, grosso modo, as actuais Dioceses de Setúbal e Santarém) ou de onde tinham estado ausentes nos últimos anos, mas que aí pretendiam casar.
Pelo que conheço, são em grande parte de nascidos fora de Portugal ou de zonas distantes de Lisboa ou ainda, por exemplo, de militares, marítimos ou outras pessoas que se tinham ausentado durante algum tempo e que por isso não tinham consigo, ou tinham dificuldade.em apresentar, os documentos que comprovavam onde tinham residido e se tinham "desobrigado" bem como se eram livres para o casamento. Apresentavam testemunhas para comprovar as informações e, após análise, era-lhes dada licença para se casar. Umas vezes sem necessidade de mais, se os testemunhos fossem considerados fidedignos e suficientes. Outras vezes pagando fiança e sendo-lhes dado um prazo para a apresentação dos documentos sem o que o casamento poderia ser considerado nulo. 
Dos que conheço, podem ser muito pequenos e com poucas informações (4 ou 5 páginas) ou mais completos e interessantes (20 a 30 páginas). Além dos testemunhos em número variável de quem os conhece (muitas vezes do local de origem) podem, ou não, conter as certidões das Paróquias de origem ou de onde residiram (muitas vezes estrangeiras) e que foram obrigados a apresentar. Neste último caso, após a entrega dos documentos o processo era encerrado e a fiança devolvida (após a dedução das despesas).
Desde que constem na referida listagem ou estejam indexados pela Torre do Tombo ou referenciados (se correctamente) nalgum lado, é extremamente fácil (e barato) obter cópia dos mesmos através do Sistema CRAV (para pedidos online). Um processo completo, na versão digitalizada (de grande qualidade) e para descarga online custa 0,25 €/página. Dos que pedi até hoje (e mesmo com uma ou outra página em branco incluída no processo) paguei aproximadamente entre 1 € (4 páginas) até 6,5 € (26 páginas).
Caso não tenhamos outras informações dos noivos e respectiva ascendência por, por exemplo, não existirem registos paroquiais da época (o caso de algumas freguesias em que foram destruídos pelo terramoto de 1755 ou pelas invasões francesas) e se tivermos sorte com o conteúdo, podem ser uma fonte inestimável, e por vezes única, para desbloquear fins de linha ou para obter informações desconhecidas dos noivos. Através destes processos já descobri filiações desconhecidas, naturalidades e locais de residência anteriores, viagens efectuadas, profissões, parentescos, etc.
Se o não fizeram ainda, inscrevam-se no sistema CRAV e vejam os vídeos explicativos em AJUDA


Dicas de pesquisa e reprodução
Para consultar a série no ANTT, podem usar as hiperligações seguintes: 
Processos digitalizados e ordenados por nome (de momento são ainda muito poucos)

Para pesquisar processos individuais a partir do índice de António Forjó, siga as instruções abaixo.
Na caixa Código de Referência, tecle o seguinte:
PT/TT/CEL/002/número do maço/número do processo

Exemplo: para localizar no ANTT o processo de 
João Caetano Pereira e D. Bernarda Caetana, 1723, Mº 817, nº 109
tecle PT/TT/CEL/002/817/109
onde 817 é o número do maço e 109 o número do documento



Se o processo que lhe interessa não constar no ANTT, mas constar no índice de António Forjó, pode utilizar os dados do mesmo para solicitar cópias ao arquivo, através do sistema CRAV. Ao fazer o pedido indique a referência  PT/TT/CEL/002/número do maço/número do processo, conforme explicado acima. Se o  processo que procura já está descrito no ANTT, mas ainda não digitalizado, pode pedir a sua digitalização e envio através do mesmo sistema, clicando em «Pedido de Reprodução» no lado direito da página onde consta a descrição do processo. 

-----
FORJÓ, António - Índice Alfabético (próprios) 1735-1755 (Mº 878-Mº970): sumários matrimoniais de Lisboa. [Policopiado]. Lisboa: António Forjó, 2008. 225 p. Disponível da Biblioteca no ANTT: 930.255(469).

kwADLisboa

25 de janeiro de 2019

25 de janeiro de 2019 por MC Barros comentários
Por ter ascendência em Sedielos (Peso da Régua), freguesia cujos primeiros livros paroquiais são de consulta difícil, Hernâni Maia elaborou uma base de dados em formato digital com os conteúdos dos três primeiros livros (M1, M2, M3 e parte do M4, ou, na versão informática DigitArq, 188, 189, 190 e 191), cobrindo um período que vai de 1565 a 1720, aproximadamente, aqui publicada em 2015. Entretanto, o autor terminou o livro M4,  a totalidade do livro M5 e, ainda, todos os casamentos registados nos livros M6 e M7, ampliando a base de dados até meados do século XVIII.

Em Janeiro de 2019 a base de dados foi melhorada: fizeram-se algumas correcções, acrescentaram-se as datas de matrimónios de casais de Sedielos realizados noutras freguesias e incluíram-se hiperligações para os respectivos paroquiais. Chamamos a atenção para a NOTA PRÉVIA com que o autor inicia esta versão, onde se esclarecem as linhas gerais que orientaram a construção da base de dados. Este melhoramento foi possível graças ao empenho dalguns utentes que generosamente lhe cederam informação que tinham obtido nas sua pesquisas; os seus nomes estão referidos no AGRADECIMENTO que agora incluí.

Trabalhadores das vindimas levando as uvas para o lagar.

Construíram-se inicialmente quatro bases de dados contendo toda a informação relevante recolhida nos dois livros relativamente aos baptismos, aos crismas, aos casamentos e aos óbitos(...). A seguir construiu-se uma BASE DE DADOS global contendo toda a informação das quatro bases de dados originais, mas organizada por famílias. Então, por comparação e cruzamento dos dados assim adquiridos, efectuados por pesquisa recorrendo à função de busca, foi possível completar muitos dos registos originais com os nomes dos pais (principalmente o da mãe) e dos cônjuges (principalmente o da mulher) que estavam omissos e, ainda, da aldeia ou lugar da sua residência.


Com a actualização de Dezembro 2017, fica terminada a última extensão que o autor se propôs realizar para a BASE DE DADOS de Sedielos, que consistia em vir a atingir meados do século XVIII, quando os assentos paroquiais passaram a registar também os nomes dos avós. 



Com efeito, era objectivo deste meu trabalho dar uma ajuda a quem quisesse investigar para trás de 1750, dado que, além de nele ter ficado reunida toda a correspondente informação paroquial, se torna agora possível e fácil realizar uma rápida pesquisa de nomes por recurso às hiperligações que incluí.
Acresce, naturalmente, que o trabalho encerra uma enorme e minuciosa investigação no sentido de estabelecer ligações interfamiliares, muitas vezes baseadas em meros indícios de parentesco. Em alguns casos as minhas propostas poderão estar erradas. Com esta convicção, registei e incluí também todos os casamentos (149) realizados em Sedielos entre 1756 e 1774, o que me permitiu confirmar uma parte muito apreciável das ligações geracionais que pude deduzir para a primeira metade do século XVIII.
A análise destes casamentos permitiu também identificar, registar e incluir 79 casais que se constituíram durante o período 1743—1756 para o qual não havia qualquer informação, dado que o respectivo livro paroquial foi extraviado.

Para além da indexação dos registos, o autor faz também a reconstituição das famílias, disponibilizando amavelmente neste blog, os seis volumes que constituem este excelente trabalho, cada um deles com uma introdução onde encontram informação detalhada sobre os dados neles constantes.

Toda a informação recolhida a partir dos textos originais está inscrita a preto, enquanto toda aquela que foi obtida por cruzamento de dados e mereça dúvida está inscrita a vermelho. Em muitos casos esta informação a vermelho poderá vir a ser dada como certa, ou provavelmente certa, enquanto outra pode estar errada, mas em todos os casos foi intenção do autor fornecer possíveis pistas, deixando aos eventuais utentes a tarefa de confirmarem se estão certas ou não.

Nota: os documentos contém um sistema de navegação interna, através de marcadores e hiperligações, que apenas funcionam depois de os ficheiros serem transferidos para o computador. É aconselhável, por isso, fazerem a transferência para que possam tirar proveito dessas funcionalidades.


Volume Título Descrição Actualizado
1
BD-S Famílias e Pessoas em Sedielos Base de Dados Principal 24-01-2019
2
BD-SA1 Casais em Sedielos Base de Dados Auxiliar 24-01-2019
2
BD-SA2 Homens com estado em Sedielos Base de Dados Auxiliar
Esta base é derivada da BD-SA1, mas com outras opções de pesquisa. Vide Actualização de 24/10/2015, mais abaixo.
24-01-2019
3
BD-S Baptismos Índice 1590-1732 24-01-2019
4
BD-SC Crismas  Índice  24-01-2019
5
BD-SM Matrimónios Índice 1593-1732 24-01-2019
6
BD-SO Óbitos Índice 1588-1732 24-01-2019


Actualização 25/01/2019
A base de dados foi actualizada com algumas correcções e, principalmente, com inúmeras datas de matrimónios de casais de Sedielos efectuados noutras freguesias; foram também incluídas hiperligações aos respectivos paroquiais.

Actualização 3/12/2017
Foi acrescentado o que faltava do livro M4 e a totalidade do livro M5 e, ainda, todos os casamentos registados nos livros M6 e M7. 

Actualização 28/09/2017
Foi terminado o livro M4. A base de dados foi corrigida, em alguns aspectos melhorada e ampliada até 1732, o que corresponde a um acréscimo de cerca de 13% relativamente à versão anterior.

Actualização 16-01-2017
Esta nova versão já inclui parte do livro M4, até 1720 em todos os ficheiros, enquanto a versão anterior terminava no fim do livro M3, isto.é, por volta de 1703 — o que corresponde a uma ampliação em cerca de 15 %. Esta ampliação permitiu a correcção de alguns erros da parte terminal da versão anterior. A base de dados principal (BD-S) foi também reformatada de molde a ficar com uma estrutura mais simple e mais racional.

Actualização de 24/12/2015
Versão aumentada, mas também corrigida, pois embora a informação recolhida no livro M3 tenha permitido confirmar como certas muitas das propostas incluídas na versão anterior, também permitiu corrigir outras que na verdade não se justificavam — e também completar muita da informação compreendida nos dois livros anteriores.

Actualização de 24/10/2015:
Foram feitas várias emendas e correcções nas bases de dados e índices.
O ficheiro “2 BD-S Casais em Sedielos” foi substituído pelo novo “2 BD-SA1 Casais em Sedielos” e acrescentou-se um novo, derivado deste, em que a coluna “Mãe” foi trocada pela coluna “Pai”, designado “2 BD-SA2 Homens com estado em Sedielos. Este novo ficheiro é especialmente útil para localizar “[homem] morador em …”, isto é, “(nome de homem)tab(lugar)” enquanto o anterior permitia (e permite) procurar “[mulher] moradora em …”, isto é, “(nome de mulher)tab(lugar)”.

O autor agradece todas as emendas, sugestões ou comentários que queiram ter a amabilidade de comunicar, para que possa proceder a correcções.


Originalmente publicado em 21/4/2015
kwADVilaReal

24 de janeiro de 2019

24 de janeiro de 2019 por MC Barros comentários
O programa Archive GetLinks é uma aplicação Java que permite descarregar livros em formato digital disponíveis na Internet. A aplicação foi desenvolvida por Carlos Leite.





Em Abril 2017, as duas aplicações Archivo e Digitarq GetLinks, foram combinadas numa só: Archive Getlinks. Pode agora fazer tudo com uma única ferramenta. 






I M P O R T A N T E
INSTALAR O JRE (Java Runtime Environment)
Se não completar este passo, o GetLinks poderá não funcionar.


Para executar estas aplicações é necessário ter o Java Runtime Environment (JRE), versão 8u131 ou superior, instalado no computador.



  • Windows: para instalar o JRE, ou a sua versão mais recente, entrar em http://java.com/pt_BR/ e seguir as instruções na página (se tiver um bloqueador de popups pode ser necessário permitir os popups para o site java.com).
  • MAC: se obtém um erro ao executar a aplicação, ou se esta não iniciar, deve actualizar a versão do Java. Veja aqui  como fazê-lo no Mac.
  • LINUX: terá de instalar a versão 8u131 ou superior do Java.



Archivo GetLinks 1.04.13

Nova versão permite descarregar livros de uma freguesia nos arquivos Archeevo sem usar o tombo.pt. Corrige também problemas com o download de imagens do arquivo da Universidade Vanderbilt .

13-12-2018


Com esta aplicação pode descarregar livros dos seguintes arquivos:




INSTALAR

Não é necessário instalar o GetLinks. Apenas necessita fazer o seguinte:

1 - Crie uma pasta no seu computador, por exemplo no Ambiente de Trabalho. Mude o nome dessa pasta para GetLinks.
2 - Coloque o ficheiro Zip que descarregou no passo anterior, dentro da nova pasta GetLinks.
3 - Clique com o botão direito do rato sobre o ficheiro zip e, de seguida, clique em "Extrair aqui".

Para executar o programa:

Clique duas vezes sobre o ficheiro ArchiveDownload.exe OU no ficheiro ArchiveDownload.jar.


Ambos os ficheiros correm a aplicação, mas no sistema Windows é preferível usar o executável uma vez que esse informa caso falte instalar o Java ou se a versão instalada for demasiado antiga. Se ao executar a aplicação o Windows apresentar um aviso sobre a aplicação não ser reconhecida, clique em "Executar mesmo assim".

Aspecto da aplicação


INSTRUÇÕES


ON/OFF

Clique no botão Download para o colocar em ON. Enquanto estiver vermelho nada será descarregado. Assegure-se, por isso, de que está verde antes de iniciar um download. 
Pode utilizá-lo para rapidamente interromper o download de imagens.



As opções 

Por predefinição, o GetLinks guarda as imagens na sua própria pasta, ou seja, na mesma pasta onde está o ficheiro ArchiveDownload.jar. Se desejar guardá-las noutra localização, defina-a no menu Opções, sub-menu Opções. 
Escolha a localização para download em "Pasta de Download", clicando no botão com os três pontinhos. Neste exemplo, criamos uma pasta PAROQUIAIS dentro da pasta do GetLinks, para guardar todos os livros, mas pode usar qualquer outra localização, incluindo uma pen ou disco externo.

Ainda em Opções, desmarque a opção "Carregar com Zip", caso deseje descarregar livros do Archeevo novo, imagem a imagem, em vez de ficheiros zip. Esta opção não tem qualquer efeito no Archeevo antigo, uma vez que esse não oferece a opção para descarregamento de livros inteiros.

Aqui pode também alterar o número de imagens a descarregar em simultâneo. A opção "Saltar Ficheiro Existente" evita a repetição do download de imagens que já existem na pasta.

Se tem uma conta no FamilySearch, pode também introduzir aqui esses dados.



Paroquiais nos Arquivos Portugueses - O tombo.pt é seu amigo

Para todos os arquivos, cujos livros estão listados no tombo.pt.
  • Entre no tombo.pt e navegue até à paróquia que lhe interessa, à página onde estão listados os livros, por exemplo http://tombo.pt/f/gmr35, e copie o link dessa página.
  • No GetLinks, cole esse link na caixa de texto e pressione o botão GO. Assegure-se que o botão Download está ON (verde).
  • Na caixa de diálogo que surge, aguarde até aparecer a árvore com todos os livros. 

  • Clique na primeira opção para desmarcar tudo e, de seguida, seleccione os que lhe interessam.
  • Clique no botão Iniciar.
  • Logo que o processo termine, o download será iniciado. Se ainda tinha o botão download em OFF, coloque-o em ON.
Nota: Caso surja uma mensagem de erro, verifique se colou o link correcto.
O programa vai carregar as imagens de todos os livros sequencialmente e iniciar o download.

Cada livro será guardado na sua própria pasta, dentro da pasta Baptismos, Casamentos ou Óbitos, consoante for o caso. Estas, por sua vez, serão guardadas numa pasta com o nome da freguesia. O GetLinks cria todas essas pastas automaticamente, para não ter de se preocupar em organizar as imagens.

Esta é a forma ideal para descarregar paroquiais dos arquivos portugueses, mesmo que apenas queira descarregar 1 livro. Pode, no entanto, usar o link directo de um livro do arquivo pretendido, em vez do link do tombo.pt. Para isso, siga o mesmo procedimento do passo seguinte.


Outros arquivos ou outro tipo de livros

Siga este passo para o FamilySearch, Direzione Generale per gli Archivi, Iviewer (Arquivo Distrital de Vila Real), Centro de Conhecimento dos Açores.

Siga também este passo para descarregar outros livros, por exemplo, processos da Inquisição, Inquirições de Genere, Bilhetes de Identidade, etc. Os livros das Memórias Paroquiais, não podem ser processados de uma vez, ou seja, tem de ser por Tomos.

Note que, nestes casos, o GetLinks apenas descarrega um livro de cada vez e não cria, nem organiza, automaticamente, as imagens em pastas. Terá de o fazer manualmente. Pode optar por fazê-lo antes de iniciar o download ou, se preferir, fazê-lo depois de ter descarregado o livro:

Organizar antes de iniciar o download: 
Abra as Opções e introduza o caminho para a pasta desejada. Se a pasta não existir, ela será criada. No exemplo abaixo, usamos o caminho que já lá estava e adicionamos mais 3 pastas :
\Pencelo\Baptismos\1537-1670
 Como estas últimas não existem, o GetLinks perguntará se desejamos criá-las.


Organizar depois de ter feito o download do livro:
Abra a pasta onde foram guardadas as imagens e faça a sua organização manualmente.

Para descarregar

  • Na página do arquivo em questão, localize o livro pretendido e abra-o no browser. 
  • Copie o link e cole-o na caixa de texto do GetLinks.
  • Clique no botão GO.


FamilySearch - Outras Funcionalidades

Pode carregar vários livros de uma vez, quando pesquisa no catálogo do FamilySearch, como é o caso deste exemplo.

  • Copie o link do catálogo e cole-o na caixa de texto do GetLinks
  • Clique no botão GO e aguarde pelo carregamento dos livros
  • Clique na primeira opção para desmarcar tudo e, de seguida, seleccione os que lhe interessam.
  • Clique no botão Iniciar.
  • Logo que o processo termine, o download será iniciado. Se ainda tinha o botão download em OFF, coloque-o em ON.
Pode descarregar apenas as primeiras páginas de um dado livro. Por exemplo, no link acima aparecem vários processos de casamento e, normalmente, nas primeiras páginas surge a informação relevante. Para não ter de descarregar tudo, faz sentido haver a possibilidade de descarregar apenas a primeira página de cada processo, de modo a poupar espaço em disco e tempo.
Seguir os seguintes passos:
  • Coloque o botão de Download em OFF
  • Copie o link do catálogo e cole-o na caixa de texto do GetLinks
  • Clique no botão GO e aguarde pelo carregamento dos livros
  • Clique na primeira opção para desmarcar tudo e, de seguida, seleccione os que lhe interessam.
  • Clique no botão Iniciar.
  • Aguarde pelo preenchimento da grelha.
  • Seleccione todas as imagens (na grelha clique com o botão direito do rato e escolha "Selecionar tudo", ou então use as teclas CTRL+A ou CTRL+T)
  • Carregue no botão stop da grelha (parar os downloads). As linhas ficarão todas a vermelho.


  • Seleccione uma linha qualquer da grelha. Carregar em Ctrl-1 para selecionar apenas a 1ª folha de cada livro, Ctrl+2 para selecionar duas, e assim sucessivamente. 
  • Coloque o botão Download em ON


  • Serão descarregadas apenas as primeiras páginas


Ooops, enganei-me! Como é que paro o download?

Para abortar um processo clique no botão Download para o pôr em OFF (de verde passará a vermelho).


Antes de iniciar outro processo carregue no botão Limpar para remover os livros pendentes.



Onde estão as imagens?

Após terminado o download, as imagens estarão guardadas na pasta definida em Opções. Se não definiu uma pasta de download, as imagens estarão na mesma pasta onde tem o GetLinks.

Pode ir directo do GetLinks para a pasta de download clicando no botão "Abrir Pasta de Downloads"



Eliminar subpastas

A partir da versão 1.04.6, o GetLinks passou a incluir mais um botão que pode ser usado para eliminar subpastas criadas pela aplicação. Isto é particularmente útil, por exemplo, para descarregar os pedidos de bilhetes de identidade. Com a versão anterior cada pedido de BI ficava numa pasta diferente, o que não era muito cómodo para pesquisar. 

Para descarregar os pedidos de bilhete de identidade, deve-se seguir os seguintes passos:
  1. Seleccionar o tomo desejado no Digitarq, em Nível: Unidade de Instalação, por exemplo; http://digitarq.adptg.arquivos.pt/details?id=1058335 e copiar o link.
  2. No GetLinks colocar o botão download em OFF.
  3. Clicar no botão GO e seleccionar os itéms desejados.
  4. Quando os  links estiverem carregados na grelha, seleccionar todas as linhas (CTRL+A ou CTRL+T) e carregar no botão 'Remover Sub-Pastas'




5 - Começar o download.

Desta forma, ao descarregar, fica tudo na mesma pasta.



Download parcial de livros 

Funciona apenas com livros dos arquivos Digitarq

Para descarregar apenas algumas imagens, em vez do livro inteiro:
Coloque o botão Download em OFF (vermelho)
Cole o link do livro Digitarq na caixa de texto do GetLinks
Pressione o botão GO e, logo de seguida, pressione o botão Pausar. O carregamento de imagens na grelha será interrompido.

Mova a barra de deslocamento até à imagem pretendida. Enquanto vai movendo a bolinha, o número das imagens vai aparecendo logo acima da barra de deslocamento. 

Quando chegar à imagem pretendida, clique novamente no botão Pausar/Recomeçar

O carregamento das imagens na grelha será retomado a partir da imagem escolhida na barra de deslocamento.
Coloque o botão Download em ON (verde). Todas as imagens apresentadas na grelha serão descarregadas.
Como podem ver na imagem a seguir, as imagens entre a 2 e 60, não foram carregadas na grelha, pelo que não serão descarregadas.




Mais Dicas

Se fechar a aplicação os links são preservados. Ao reabrir a aplicação, o download será retomado. Pode interromper colocando o botão Download em OFF.

Pode abrir uma imagem descarregada através de duplo click na grelha.



Possíveis problemas

1 - Nada funciona
  • Instale ou actualize o JAVA. O GetLinks não funcionará enquanto não o fizer. Vá para o primeiro passo e siga as instruções.
  • Verifique se está a usar a última versão do GetLinks. Pode ver a versão no Menu Ficcheiro/Sobre.
2 - Não aparece nada na grelha
  • Poderá haver uma falha na rede ou o servidor do arquivo estar em baixo. Abra o url do livro no seu browser e certifique-se que consegue visualizar o livro pretendido.
3 - Tudo funciona normalmente, o nome das imagens aparece na grelha, mas nenhuma imagem é descarregada.
  • Poderá não ter permissões de escrita para a pasta de download. Abra a respectiva pasta e certifique-se que pode criar pastas e ficheiros dentro dela.
  • Se estiver a guardar os downloads numa pen ou disco externo, verifique se o mesmo está acessível. Alguns discos externos auto hibernam e perdem a ligação ao computador. Se o GetLinks não o detectar, não poderá guardar as imagens, pelo que o download não será efectuado.
  • Se o problema é no FamilySearch, verifique se introduziu o seu nome de utilizador e senha (a mesma que usa para entrar no FamilySearch) nas Opções do GetLinks.
4 - Outros problemas que possam surgir, coloque a sua questão nos comentários mais abaixo, ou no grupo do Facebook associado a este blog. POR FAVOR, não se esqueça de indicar:

  • a versão do GetLinks que está a usar
  • a versão do Java que tem instalado
  • o sistema operativo que usa
  • o link do livro que não consegue descarregar
  • uma descrição do problema


Dizer apenas que não funciona desencoraja qualquer tipo de ajuda.


Problemas com o download de imagens do FamilySearch

14-04-2018

LIMITE DE DOWNLODS:
Recentemente o FamilySearch introduziu restrições ao download  de imagens, o que é normal dado o grande número de pessoas que acedem aos seus servidores. Após o download de cerca de 40 imagens, o utilizador é colocado em espera por um período de tempo variável.

Trata-se de uma configuração do próprio FamilySearch e não do GetLinks.

A solução: deixe o GetLinks aberto no mesmo livro e ao fim de algum tempo o download das imagens seguintes reiniciará automaticamente. 

LOGIN:
O FamilySearch exige uma conta de utilizador para aceder às imagens. Introduza os dados da sua conta no GetLinks (Menu Opções/Opções). Sem isso o GetLinks não consegue autenticar-se no site para descarregar as imagens.
Originalmente publicado em 1/4/2015


15 de janeiro de 2019

15 de janeiro de 2019 por MC Barros comentários
Continuando a publicação daquilo que vamos encontrando relativo a Prazos, fontes indispensáveis em Genealogia, trazemos aqui mais uma série, sobretudo dirigida aos que pesquisam no Entre Douro e Minho, mas não só.
Antigo Paço Episcopal Bracarense


O ofício do Registo Geral da Mitra Arquiepiscopal de Braga foi criado pelo Arcebispo Dom Frei Agostinho de Jesus no ano de 1590. Nele se encontram os livros onde se registavam as bulas apostólicas, cartas de ordens, títulos de prazos, tombos das igrejas, licenças de curas, dispensações, demissórias, sentenças e demais papéis mandados passar pelo Arcebispo.

O índice que aqui disponibilizamos foi elaborado a partir do que já se encontra descrito no Arquivo Distrital de Braga, resultado de uma pesquisa no Registo Geral pelo termo "prazo". Não fizemos quaisquer actualizações ou correções, apenas completámos alguns dados em falta, pelo que:
  1. Os nomes das freguesias e concelhos não contêm cedilhas, acentos, nem as preposições de, do, da, etc. Assim, se pretenderem pesquisar, por exemplo, Valpaços, usem Valpacos; Viana do Castelo usem Viana Castelo, etc. Para facilitar, o índice vai ordenado por concelho/freguesia/data, mas podem ordenar por qualquer outra coluna
  2. Note-se, ainda, que na documentação manuscrita nem sempre é fácil identificar correctamente os topónimos, sobretudo os que se referem a lugares dentro das freguesias, como são os nomes de Casais. Caso não se encontre o topónimo pesquisado, é aconselhável procurar dentro da freguesia toda, uma vez que poderá estar mal identificado.


Armas do Arcebispo Primaz

kwADBraga

10 de janeiro de 2019

10 de janeiro de 2019 por Unknown comentários
De acordo com o princípio que norteou a criação deste blog, publicamos aqui trabalhos, alguns elaborados por nós, outros por colaboradores que generosamente decidiram partilhar. Trata-se de índices de baptismos, casamentos ou óbitos, de algumas localidades, muito úteis para quem pesquisa nessas zonas.
Agradecemos ao Joaquim Martins, à Vânia Viegas, ao Carlos Viana, ao Manuel Montenegro e à Manuela Castelão pela partilha dos seus índices.

Rua Nova de Sousa e Porta Nova, Braga

Dica: Clique na data para abrir o índice excel

Tabela
.

1 - Livro não está online
2 - Índice foi transcrito da base de dados do NEPS, realizado por Maria Norberta Amorim; à excepção de algumas correcções pontuais, o índice não foi revisto/completado pelo GenealogiaFB. Poderá conter alguns registos sem a filiação dos nubentes que, no entanto, se encontra nos respectivos assentos.
3 - Índice transcrito da base de dados do NEPS,  realizado por Rui Faria.


Originalmente publicado em 22/4/2015
kwADBraga

30 de dezembro de 2018

30 de dezembro de 2018 por MC Barros comentários
De origem certamente eremítica mas cuja existência está assegurada em 1208, o Mosteiro de Santa Maria de Bouro, no concelho de Amares, foi sede de importante couto monástico. Em 1248, anexou a abadia de Júnias, em Montalegre. No início do século XVI estava decadente, sendo restaurado em 1567, com a instauração da Congregação de Alcobaça. O edifício reconstruído no século XVII ficou capaz de alojar 30 monjes.
Fonte: ADB
Fonte da imagem: Direcção Geral do Património Cultural

Na sequência do projecto de reconversão da autoria do arquitecto Souto Moura, é hoje uma das várias Pousadas de Portugal instaladas em imóveis de valor patrimonial.

O Arquivo distrital de Braga possuí no seu acervo algumas Inquirições de Genere deste mosteiro, não digitalizadas, mas já descritas. Por serem muito poucas, transcrevemos aqui o que existe:

00001 Inquirição de genere de Jorge Rodrigues 1620-09-23/1620-09-23
  • Filho de António Fernandes e de Catarina Rodrigues. Localidade(s): Maiorca, São Salvador, Figueira da Foz.
00002 Inquirição de genere de Jorge Rodrigues 1620-09-23/1620-09-23
  • Filho de António Fernandes e de Catarina Rodrigues. Localidade(s): Maiorca, São Salvador, Figueira da Foz.
00003 Inquirição de genere de Pedro Fonseca Osório e Jorge Vaz Magalhães 1628-09-30/1628-09-30
  • Filho de Jorge Botelho Sequeira e de Maria Proença. Localidade(s): Mondim de Basto, São Cristóvão, Mondim de Basto.
00004 Inquirição de genere de Francisco Ribeiro 1632-04-03/1632-04-03
  • Filho de António Rocha Ribeiro e de Maria Rocha. Localidade(s): São Martinho, Penafiel.
00005 Inquirição de genere de Manuel Gouveia Faria 1638-04-30/1638-04-30
  • Filho de Manuel Gouveia Faria e de Isabel Garces São Miguel. Localidade(s): Porto, Porto.
00006 Inquirição de genere de Miguel Costa 1646-10-26/1646-10-26
  • Filho de Gabriel Costa Pereira e de Isabel Coelho Veloso. Localidade(s): Ponte da Barca, São João Batista, Ponte da Barca.
00007 Inquirição de genere de Francisco Aranha Pinto 1646-10-26/1646-10-26
  • Filho de Jácome Aranha e de Luísa Pinto Leitão. Localidade(s): Ponte da Barca, São João Batista, Ponte da Barca.
00008 Inquirição de genere de Bento Azevedo 1652-02-
  • Filho de António Azevedo e de Marta Freitas. Localidade(s): Caramos, São Martinho, Felgueiras. Nome religioso: Frei Bento Encarnação.

kwADBraga

1 de dezembro de 2018

1 de dezembro de 2018 por Gnealogiafb2 comentários
Índice de pedidos de Bilhete de Identidade, da Conservatória do Registo Civil de Elvas existentes no Arquivo Distrital de Portalegre.
O nosso muito obrigada à Ana Alves Roberto que disponibilizou este índice.




Contém informações relativas ao nome, data de nascimento, naturalidade, filiação e estado civil dos requerentes e, na maioria dos casos, fotografias dos mesmos.
in ADPortalegre

Ver ÍNDICE - Excel 1933 a 1947 - Naturais e/ou moradores em Barbacena

Versões anteriores:
ÍNDICE - Excel 1933 a 1946 - Naturais e/ou moradores em Barbacena
ÍNDICE - Excel 1933 a 1936


Originalmente publicado em 30/04/2018
kwADPortalegre 

15 de novembro de 2018

15 de novembro de 2018 por Manuela Alves comentários
Tem sido uma das preocupações do blogue fornecer informação de carácter cientifico que permita aos nossos utilizadores contextualizar os dados que vão obtendo das  suas pesquisas genealógicas familiares.  Privilegiamos  textos relativamente curtos, com indicação de bibliografia que permita aos interessados ampliar os seus conhecimentos sobre a matéria.


É o caso deste pdf on line  Cristãos-novos, marranos e judeus no espelho da Inquisição de Robert Rowland publicado em Topoi, v. 11, n. 20, jan.-jun. 2010, p. 172-188, e que o autor assim sintetiza:

No mundo ibérico dos séculos XVI, XVII e XVIII todos os judeus remanescentes eram necessariamente clandestinos, o que implicava a necessidade de dissimular suas práticas e seus sentimentos religiosos. Na medida em que aquilo que sabemos a seu respeito resume-se, quase exclusivamente, às informações produzidas pela Inquisição, podemos ter a certeza de que nem todas tinham uma base factual. Não dispomos, entretanto, de critérios claros e objetivos que permitam determinar quais confissões e acusações eram verdadeiras. Portanto, como veremos neste ensaio, entender por que determinado indivíduo era considerado judeu passa por um exame contextual mais aprofundado da situação dos cristãos-novos na sociedade ibérica, do papel da inquisição em diferentes lugares e épocas, e, por fim, das circunstâncias específicas de cada acusação individual.

No nosso entender, é uma ajuda para compreendermos criticamente os processos da inquisição que tivermos ensejo de ler.

12 de novembro de 2018

12 de novembro de 2018 por MC Barros comentários

Este índice é uma cópia do índice existente na Wikipedia cujos links deixaram de funcionar. Ao transcrevê-lo para aqui, actualizamos também as ligações. Clicando no ícone  podem aceder directamente à respectiva página na cópia da Biblioteca Nacional, ou à página seguinte se a mesma for ímpar. 
Note bem: para visualizar o nobiliário na BNP é necessário instalar/activar o plugin FlashPlayer no browser. Se surgir uma página vazia com apenas o botão do FlashPlayer, clique nele para activar a aplicação de visualização.

Manuel José da Costa Felgueiras Gayo

Índice geral da edição de Meirelles e Affonso, seguindo os próprios índices dos tomos, disponíveis em purl.pt, mas corrigindo-os conforme diversos títulos da obra:

H.G. 40102 V

I

II

H.G. 40103 V

III

IV

H.G. 40104 V

V

VI

H.G. 40105 V

VII

VIII

H.G. 40106 V

IX

X

H.G. 40107 V

XI

XII

H.G. 40108 V

XIII

Contém este volume:

XIV

H.G. 40109 V

XV

XVI

H.G. 40110 V

XVII

XVIII

H.G. 40111 V

XIX

XX

H.G. 40112 V

XXI

XXII

H.G. 40113 V

XXIII

  • Pechins - ver em Mexias, livro XX, § 18, N. 12
  • Pesqueiras - ver em Barradas, livro VI, § 18
  • Pessoas
  • Perestrellos
  • Pericoens de Aveiro
  • Pias
  • Pimentas
  • Pinhas Falacheiros
  • Pinhos
  • Pinas
  • Pintos

XXIV

H.G. 40114 V

XXV

XXVI

H.G. 40115 V

XXVII

XXVIII

H.G. 40116 V

H.G. 40117 V

  • Gayos
    • Costados
    • Tomo I.
      • Índex pelos apelidos – pág. 19 a 24
      • Índex pelos nomes próprios – pág. 25 a 28
      • Índex pelas Casas – pág. 29 e 30
    • Costados
    • Tomo II.
      • Índex pelos apelidos – pág. 9 a 16
      • Índex pelos nomes próprios – pág. 17 a 20
      • Índex pelas Casas – pág. 21 a 25
Biblioteca
Videoteca